Notícias

Cultura

100 anos de Amilcar

Com patrocínio do Instituto Unimed-BH, CCMTC recebe exposição “Amilcar de Castro - Matéria e luz”

Dobrar, cortar, criar sobre uma chapa de aço. Tornar leve e iluminado um material pesado. Transformar o metal em beleza. Assim foi a carreira do escultor, pintor e designer Amilcar de Castro (1920-2002), mineiro de Paraisópolis, considerado por críticos e historiadores culturais como um dos nomes mais importantes da arte contemporânea brasileira. Para comemorar o centenário de nascimento do artista, o Minas Tênis Clube, com patrocínio do Instituto Unimed-BH, realiza uma exposição de cerca de 50 obras de Amilcar, entre esculturas, eucatex, papel e telas.

Sob a curadoria de Rodrigo de Castro, filho do artista, a exposição “Amilcar de Castro - Matéria e Luz” fica disponível na Galeria do Centro Cultural Minas Tênis Clube (CCMTC), entre os dias 12 de novembro de 2020 a 24 de janeiro de 2021. O espaço funciona de terça-feira a domingo e feriados, das 13h às 19h. O CCMTC fica na Rua da Bahia, 2244, bairro de Lourdes. A entrada é gratuita e, por causa da pandemia de Covid-19, a capacidade de visitantes é limitada a 30 pessoas.

 

A exposição "Amilcar de Castro - Matéria e luz" celebra os 100 anos do artista. Foto: Orlando Bento

A ideia da exposição, segundo Rodrigo de Castro, não é fazer uma retrospectiva da carreira de Amilcar. “Selecionamos as obras mais importantes, aquelas que traduzem, da melhor forma, o trabalho de Amilcar. O fio condutor da mostra é a sensibilidade criativa de Amilcar, a partir de um diálogo permanente entre matéria e luz”, diz o curador. Para Maria das Mercês Quintão Fróes, diretora Institucional do Instituto Unimed-BH, parceiro do Minas Tênis Clube e patrocinador máster da mostra, essa é uma iniciativa importante para a valorização da arte mineira. “São muitas mãos atuando em parceria, conferindo destaque para Belo Horizonte e Minas Gerais no cenário nacional”, afirma Fróes.

RECONHECIMENTO

A obra de Amilcar de Castro é bem conhecida dos belo-horizontinos, já que muitas de suas esculturas estão espalhadas em pontos importantes da capital, inclusive no passeio e na fachada do CCMTC, na rua da Bahia. No local, foram instalados, em agosto, também como parte das comemorações pelo centenário do artista, a imagem de uma pintura inédita, com 140 m², e uma escultura em aço (sem título), criada por ele nos anos 1990, medindo tem 2,30m x 1,87m. “As telas são raramente expostas por exigirem um espaço disponível com as dimensões adequadas e suficientes para acomodar a obra. E quando me falaram da dimensão do vidro disponibilizado para a plotagem, não tive dúvida sobre o que colocar”, explica Rodrigo de Castro.

O diretor de Cultura do Minas Tênis Clube, André Rubião, ressalta a importância de se abrigar a mostra. “Reconhecido internacionalmente, Amilcar de Castro foi responsável pela formação de toda uma geração de artistas por meio de uma metodologia própria cunhada no Núcleo Experimental da Escola Guignard. É um prazer e uma ação importantíssima do CCMTC mostrar para o público uma inédita reunião de obras do artista”, afirma.

Maria das Mercês Quintão Fróes comenta que essa exposição, em um espaço nobre e acessível a todos, representa mais do que uma simples homenagem a um artista mineiro de renome internacional. “Como as obras de Amilcar de Castro são feitas em formas e materiais tão representativos da história de nosso estado, celebramos também o pensar e o produzir cultura em todas as suas possibilidades”, exalta a diretora do Instituto Unimed-BH.

PARCERIA

Mercês Fróes acrescenta que este projeto inaugura uma nova parceria entre o Minas Tênis Clube e o Instituto Unimed-BH. Ao todo, a iniciativa propõe a realização de quatro exposições de artes visuais, além de atividades de educação, como palestras, workshops e a presença de monitores capacitados. Toda a programação será gratuita, como forma de garantir a amplitude de acesso a informações culturais aos visitantes em geral.

“O contexto que estamos vivendo torna ainda mais importante essa celebração, pois compreendemos a responsabilidade das instituições culturais na retomada da economia, na geração de bem-estar e no fomento ao emprego e renda”, destaca a diretora. Inaugurado há 20 anos, o Programa Sociocultural Unimed-BH é uma das maiores iniciativas de captação de incentivo fiscal por meio de pessoas físicas no país, administrado pelo Instituto Unimed-BH, por meio do investimento de mais de 5,1 mil médicos cooperados e colaboradores da Cooperativa.

MINIDOCUMENTÁRIO

Para celebrar o centenário de Amilcar de Castro, que nasceu em 8 de junho de 1920 e morreu em 2002, o Minas Tênis Clube também produziu o minidocumentário “Amilcar de Castro 100 anos”, que está disponível no canal youtube.com.br/minastcoficial. No vídeo, seu filho e também plástico artista Rodrigo de Castro narra a trajetória do pai e sua importância para a arte nacional. “Hoje, 100 anos, daqui a pouco 500 e quanto mais o tempo passa, maior é a grandeza que se desvela de sua obra”, afirma Rodrigo.

 

 

SOBRE O INSTITUTO UNIMED-BH

Associação sem fins lucrativos, o Instituto Unimed-BH, desde 2003, desenvolve projetos visando a ampliar o acesso à cultura, estimular o bem-estar e a qualidade de vida das pessoas, valorizar espaços públicos e o meio ambiente. Ao longo de sua história, o Instituto destinou R$120 milhões ao setor cultural, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura e da Lei Federal de Incentivo à Cultura, gerando mais de 16 mil postos de trabalho viabilizado pelo patrocínio de mais de 5.100 médicos cooperados e colaboradores. No último ano, mais de 850 mil pessoas foram alcançadas por meio de projetos de cinco linhas de atuação: Comunidade, Voluntariado, Meio Ambiente, Adoção de Espaços Públicos e Cultura, alinhados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030.

SERVIÇO

EXPOSIÇÃO “AMILCAR DE CASTRO - MATÉRIA E LUZ”

Data:  12 de novembro de 2020 a 24 de janeiro de 2021.
Horário: terça-feira a domingo e feriados, das 13h às 19h.
Local: Centro Cultural Minas Tênis Clube (Rua da Bahia, 2244 - Lourdes).
ENTRADA FRANCA | Classificação
: livre.
Capacidade: 30 pessoas.
Fotos: Orlando Bento

Patrocínio Máster: Instituto Unimed-BH.

Siga como redes sociais oficiais da cultura de Minas:

Facebook : / mtccultura
Instagram : @mtccultura

 

 


Esse site armaneza dados (como cookies), o que permite que determinadas funcionalidades (como análises e personalização) funcionem apropriadamente. Clique aqui e saiba mais!