Notícias

Esporte Vôlei Feminino

Parceria ampliada

Gerdau é a nova patrocinadora máster do vôlei feminino do Minas

Renovação da parceria foi oficilizada na sede da Gerdau, em São Paulo (SP) (Foto: Divulgação/Gerdau)Renovação da parceria foi oficilizada na sede da Gerdau, em São Paulo (SP) (Foto: Divulgação/Gerdau)

A Gerdau, maior empresa brasileira produtora de aço, será a patrocinadora máster da equipe feminina de vôlei do Minas Tênis Clube, que passa a se chamar Gerdau Minas. A companhia também segue estampando a marca na camisa do time masculino, agora em nova posição. A parceria foi oficializada nesta segunda-feira (30/5), em encontro realizado em São Paulo (SP), na sede da Gerdau, com a presença de diretores das duas instituições, além de parte do elenco das duas equipes.

A parceria entre Gerdau e Minas, que teve início em 2021, também se estende às categorias de base do Clube. Atualmente, a Gerdau patrocina o projeto Projeto Formação e Desenvolvimento de Atletas, que prepara jovens para se tornarem atletas de alto rendimento, além do apoio ao projeto social que prevê escolas de vôlei e futsal, voltadas para crianças em situação de vulnerabilidade social de cidades mineiras onde a Gerdau possui operações.

Para o CEO da Gerdau, Gustavo Werneck, a ampliação da parceria com o Clube mineiro reafirma a bem-sucedida união entre as instituições. “É motivo de grande satisfação e alegria estreitarmos os nossos laços com o Minas Tênis Clube, uma das maiores potências para a prática esportiva no Brasil, com quem compartilhamos o propósito de promover a cidadania por meio do esporte. Acreditamos no papel do vôlei como agente de transformação social, criando oportunidades para centenas de jovens nos municípios em que a Gerdau está presente”. 

O presidente do conselho deliberativo do Minas, Kouros Monadjemi, celebra a ampliação da parceria. "A Gerdau e o Minas se completam, porque os valores e princípios das duas marcas se integram. Contamos com a força do aço dentro das quadras e conquistamos títulos importantes com o feminino e com o masculino, mas os resultados desta união também são notórios na formação de atletas e, acima de tudo, de bons cidadãos", afirma o dirigente.

Thaisa e Carol Gattaz exibem camisa da equipe Gerdau Minas (Foto: Divulgação/Gerdau)Thaisa e Carol Gattaz exibem camisa da equipe Gerdau Minas (Foto: Divulgação/Gerdau)

Times vitoriosos e de tradição

As equipes feminina e masculina do Minas marcaram mais um capítulo da história do voleibol brasileiro na temporada 2021/22. Com a marca da Gerdau estampada nos uniformes, os dois times voltaram às finais da Superliga e conquistaram títulos nacionais simultaneamente, o que não ocorria desde a temporada 2001/02.

A equipe feminina foi campeã da Superliga e do Sul-Americano, garantindo vaga para o Mundial de Clubes de 2022, enquanto a masculina conquistou o título da Copa Brasil. A equipe feminina conta com 10 títulos nacionais, enquanto a masculina soma 11 troféus nacionais na galeria. O Minas é o único Clube a participar de todas as edições da Superliga feminina e masculina.

A Gerdau

A Gerdau é a maior empresa brasileira produtora de aço e uma das principais fornecedoras de aços longos nas Américas e de aços especiais no mundo. No Brasil, também produz aços planos. Com o propósito de empoderar pessoas que constroem o futuro, a companhia está presente em 9 países e conta com mais de 36 mil colaboradores diretos e indiretos em todas as suas operações. Maior recicladora da América Latina, a Gerdau tem na sucata uma importante matéria-prima: 73% do aço que produz é feito a partir desse material. Todo ano, são 11 milhões de toneladas de sucata que são transformadas em diversos produtos de aço. As ações da Gerdau estão listadas nas bolsas de valores de São Paulo (B3), Nova Iorque (NYSE) e Madri (Latibex).

Siga as redes sociais oficiais do Vôlei do Minas:
Facebook: /mtcvolei
Instagram: @mtcvolei


Esse site armazena dados (como cookies), o que permite que determinadas funcionalidades (como análises e personalização) funcionem apropriadamente. Clique aqui e saiba mais!