Notícias

Esporte Vôlei Feminino

Partiu, semi

Itambé/Minas não dá chances ao Brasília Vôlei e garante vaga na próxima fase da Superliga

Equipe minastenista está na semifinal da Superliga (Foto: Orlando Bento-MTC)Equipe minastenista está na semifinal da Superliga (Foto: Orlando Bento-MTC)

A equipe Itambé/Minas está garantida na semifinal da Superliga Feminina Banco do Brasil 2020/21. A classificação veio na tarde dessa quarta-feira, após o time vencer o Brasília Vôlei, por 3 sets a 0, e fechar a série melhor de três das quartas de final. As parciais de 25/13, 25/17 e 25/16 mostram o amplo domínio da equipe do técnico Nicola Negro, que vai enfrentar, na próxima fase, o vencedor do duelo entre Sesi Vôlei Bauru e Sesc-RJ/Flamengo, que fazem o terceiro jogo das quartas de final nesta sexta-feira (19/3), no Rio de Janeiro (RJ). As datas, locais e horários dos jogos da semifinal ainda serão definidos. A norte-americana Megan Easy foi a melhor em quadra e levou o Troféu Viva Vôlei. A central Thaisa foi a maior pontuadora do jogo, com 15 pontos.

A outra semifinal será entre Osasco São Cristóvão Saúde, já classificado, e Dentil/Praia Clube ou São Paulo/Barueri, que fazem o segundo jogo das quartas de final nesta quinta-feira (18/3). O time de Uberlândia (MG) leva vantagem na série por ter vencido o primeiro jogo.

O jogo dessa quarta-feira marcou a volta da oposta Danielle Cuttino, que sofreu lesão no tornozelo, no fim de fevereiro, e ficou fora por alguns dias. A previsão de retorno da atleta era de quatro semanas. Porém, o trabalho da equipe multidisciplinar do Minas conseguiu deixá-la pronta antes do prazo pré-estabelecido. “Quero agradecer e parabenizar o ótimo e importante trabalho da nossa equipe médica e ortopédica, na pessoa do dr. Rodrigo Vaz, ao Rogério Guedes, nosso fisioterapeuta, e ao Alexandre Marinho, nosso preparador físico, que fizeram Danielle Cuttino voltar antes do prazo. Ela teve uma lesão séria e voltou bem antes do que era esperado. Isso é uma coisa muito importante e eu quero agradecê-los por isso”, destaca o técnico Nicola Negro.

Os estados de Minas Gerais e São Paulo estão na onda roxa da pandemia de Covid-19, com medidas restritivas e de isolamento social decretadas pelos governos locais. Em São Paulo, os jogos de qualquer campeonato já estavam proibidos e, em Minas Gerais, os eventos esportivos estão liberados apenas até o próximo domingo (21/3). Na próxima semana, a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) deverá se reunir com os clubes envolvidos nas semifinais para definir o futuro da Superliga.

Danielle Cuttino está de volta ao time minastenista (Foto: Orlando Bento-MTC)Danielle Cuttino está de volta ao time minastenista (Foto: Orlando Bento-MTC)

O duelo
O Itambé/Minas entrou em quadra determinado a conquistar a classificação de maneira antecipada. Desde os primeiros minutos, o time mineiro dominou a equipe da capital federal, que, em momento algum, impôs dificuldades. A oposta Danielle Cuttino voltou voando e ditou o ritmo do ataque no primeiro set: 25/16. O time manteve o ritmo no segundo set, enquanto isso, o Brasília Vôlei não se encontrou em quadra e cometeu muitos erros na defesa. Assim, o time mineiro fez 2 sets a 0: 25/17. No último set, abatido, o Brasília Vôlei não conseguiu se reerguer e foi presa fácil para o ataque mineiro, que deu números finais ao jogo: 25/16.

Ficha técnica
Brasília Vôlei:
Jú Carrijo, Ariane, Paula, Isabela, Vitória, Aline e Edna. Entraram:  Caroline, Geovana e Silvana. Técnico: Rogério Portela.

Itambé/Minas: Macrís, Dani Cuttino, Pri Daroit, Megan, Carol Gattaz, Thaisa e Léia (líbero). Técnico: Nicola Negro. Entraram: Pri Heldes, Camila Mesquita e Kasiely. Técnico: Nicola Negro.

Superliga 2020/21 – Quartas de final
13/3 – Itambé/Minas (3 x 0) Brasília Vôlei – Arena MTC – (25/19, 28/26 e 25/16)
17/3 – Brasília Vôlei (0 x 3) Itambé/Minas – Arena MTC – (13/25, 17/25 e 16/25)

O Campeonato Brasileiro Interclubes de Vôlei – Superliga Feminina Banco do Brasil faz parte do rol de Campeonatos Brasileiros Interclubes em que parte dos atletas dos Clubes integrados ao Comitê Brasileiro de Clubes – CBC tem as despesas de hospedagem e transporte aéreo custeadas com recursos públicos geridos por esta fonte.


Patrocinador: Itambé
Patrocinador: Melitta
Patrocinador: Axial
Fornecedor de Material Esportivo: Icone

Siga as redes sociais oficiais do Vôlei do Minas:
Facebook: /mtcvolei
Instagram: @mtcvolei

Fotos: Orlando Bento/MTC


Esse site armazena dados (como cookies), o que permite que determinadas funcionalidades (como análises e personalização) funcionem apropriadamente. Clique aqui e saiba mais!