Notícias

Esporte Vôlei Feminino

Líder isolado

Em noite de homenagem, Itambé/Minas supera o Sesi Vôlei Bauru pela Superliga

Itambé/Minas conquista a 14ª vitória seguida (Foto: Orlando Bento/MTC)Itambé/Minas conquista a 14ª vitória seguida (Foto: Orlando Bento/MTC)

Após uma intensa sequência de jogos fora de casa, o Itambé/Minas voltou à Arena Minas Tênis Clube. O que não mudou foi a longa invencibilidade nas competições nacionais: a equipe minastenista conquistou a 14ª vitória seguida, desta vez, pela Superliga Feminina Banco do Brasil 2020/21. A vítima da noite foi o Sesi Vôlei Bauru, adversário que também foi superado há menos de dez dias pela semifinal da Copa Brasil, que teve o Itambé/Minas como campeão. Com um ritmo forte, as mineiras superaram as paulistas por 3 sets a 1, com parciais de 25/17, 25/21, 24/26 e 26/24. Mais uma vez, as norte-americanas Danielle Cuttino e Megan Easy foram os destaques e as maiores pontuadoras da partida, com ambas anotando 20 pontos. A oposta Cuttino ganhou o segundo Troféu Viva Vôlei em um intervalo de quatro dias.

O técnico Nicola Negro avaliou a vitória como importante e ressaltou que a equipe está fisicamente desgastada, em função da longa sequência de jogos e viagens. “Conseguimos fazer uma boa performance, mesmo com o cansaço. Mantivemos a organização e um sistema defensivo forte, mas a experiência do grupo foi fundamental. São três pontos essenciais para seguirmos nosso caminho na Superliga”, afirma o treinador italiano.

Com o resultado, o Itambé/Minas chega à 16ª vitória em 17 jogos disputados pela Superliga, soma 48 pontos e se mantém na liderança isolada da competição nacional. A equipe entrará novamente em quadra na terça-feira (16/2), às 19h, para enfrentar o Curitiba Vôlei, na Arena Minas Tênis Clube. A partida, que havia sido adiada em função de casos de Covid-19 no time paranaense, é válida pela terceira rodada do returno da Superliga. O confronto será transmitido, ao vivo, para os assinantes do Canal Vôlei Brasil.

Líbero Léia completa 250 jogos com a camisa minastenista (Foto: Orlando Bento/MTC)Líbero Léia completa 250 jogos com a camisa minastenista (Foto: Orlando Bento/MTC)

A líbero Léia recebeu das mãos da Diretora de Vôlei Feminino, Keyla Monadjemi, uma camisa emoldurada em homenagem aos 250 jogos defendendo as cores minastenistas. A paulista, natural de Ibitinga, disse que nem nos melhores sonhos imaginaria fazer parte da história do Minas. “Fiquei muito feliz com a surpresa e só tenho que agradecer ao Clube, por tudo. Eu realmente me sinto em casa e passou um filme na minha cabeça, então tive que segurar o choro”, disse Léia emocionada, que também fez questão de lembrar da torcida minastenista. “É uma pena que no momento os torcedores não podem estar presentes. Eles sempre me apoiaram e demonstraram muito carinho, sou muito grata por isso”, finaliza.

Desde 2015 no Clube, Léia é uma referência na defesa, no passe e na liderança do Itambé/Minas. Em uma posição discreta, mas fundamental para o equilíbrio e desempenho da equipe, a líbero se tornou uma das atletas que mais vestiu a camisa minastenista. O suficiente para ficar marcada na história do Clube, mas não para por aí. Durante as seis temporadas, Léia conquistou três vezes o Campeonato Mineiro e três vezes o Campeonato Sul-americano de Clubes, duas edições da Copa Brasil e a Superliga 2018/19, além de ter sido vice-campeã do Mundo defendendo a camisa azul e branca. A atleta ainda pode conquistar, na atual temporada, o título da Superliga 2020/21 e do Sul-americano.

O jogo

O técnico Nicola Negro entrou em quadra com força máxima e repetiu a escalação dos últimos dois jogos, com as titulares das vitórias sobre o Dentil/Praia Clube e o Osasco São Cristóvão Saúde, respectivamente. O confronto até começou equilibrado, mas com a força coletiva o Itambé/Minas rapidamente abriu vantagem sobre o Sesi Vôlei Bauru, vencendo a parcial por 25 a 17.

A conquista do bicampeonato da Copa Brasil parece ter feito bem para o ânimo do time. Em quadra, foi possível ver um Itambé/Minas mais intenso, concentrado e vibrante. O técnico do Sesi Vôlei Bauru até tentou mexer na equipe e parou o jogo, mas de nada adiantou. Após boa passagem da central Thaisa pelo saque, vitória azul e branca no segundo set, por 25 a 21.

Na terceira parcial, a equipe paulista entrou em quadra com uma postura mais agressiva e foi para o tudo ou nada. O set foi disputado ponto a ponto e agitado também nos bancos de reservas, com várias substituições, pausas, mudanças de estratégia e pedidos de desafio. Com um clima de tensão nos pontos finais, a parcial ficou com o Sesi Vôlei Bauru, em 26 a 24.

O quarto set também foi agitado, típico de jogo grande. O clima continuou quente e o Sesi Vôlei Bauru, que parecia ser presa fácil para o Itambé/Minas, foi valente e ressurgiu na partida. Porém, do outro lado tinha um paredão azul que fechou a porta do time paulista e garantiu a vitória para as minastenistas, por 26 a 24.

Ficha técnica

Itambé/Minas: Carol Gattaz, Macris, Danielle Cuttino, Pri Daroit, Megan, Thaisa e Léia (líbero). Entraram: Camila Mesquita, Pri Heldes e Kasiely. Técnico: Nicola Negro.

Sesi Vôlei Bauru: Mara, Dani Lins, Rahimova, Tifanny, Adenizia, Rabadzhieva e Brenda Castillo (líbero). Entraram: Vanessa, Suelle, Pamela Sanabio e Carol Leite. Técnico: Rubinho.

Árbitros: Marcos Fernando Salles e Anderson Luiz Caçador.

Superliga Feminina - Segundo turno

5/1 – Itambé/Minas (3 x 0) São Caetano – Arena MTC (25/11, 25/15 e 25/14)
12/1 – Pinheiros (1 x 3) Itambé/Minas – São Paulo (SP) – (23/25, 14/25, 25/19 e 20/25)
26/1 – Itambé/Minas (3 x 0) São Paulo FC/Barueri – Arena MTC – (25/20, 25/17 e 25/20)
3/2 - 19h - Fluminense (3 x 0) Itambé/Minas – Rio de Janeiro (RJ) – (25/15, 25/20 e 25/19)
9/2 – Osasco São Cristóvão Saúde (0 x 3) Itambé/Minas – (25/20, 25/19 e 25/22)
13/2 – Itambé/Minas (3 x 1) Sesi Vôlei Bauru – 25/17, 25/21, 24/26 e 26/24
16/2 – 19h – Itambé/Minas x Curitiba Vôlei – Arena MTC – Canal Vôlei Brasil
19/2 – 19h – Itambé/Minas x São José dos Pinhais/AIEL – Arena MTC – Canal Vôlei Brasil
23/2 – 19h30 – Sesc-RJ/Flamengo x Itambé/Minas – Rio de Janeiro (RJ) – Sportv
26/2 – 21h30 – Itambé/Minas x Dentil/Praia Clube – Arena MTC – Sportv
5/3 – 21h30 – Brasília Vôlei x Itambé/Minas – Brasília (DF) – Canal Vôlei Brasil

O Campeonato Brasileiro Interclubes de Vôlei – Superliga Feminina Banco do Brasil faz parte do rol de Campeonatos Brasileiros Interclubes em que parte dos atletas dos Clubes integrados ao Comitê Brasileiro de Clubes – CBC tem as despesas de hospedagem e transporte aéreo custeadas com recursos públicos geridos por esta fonte.

Patrocinador: Itambé
Patrocinador: Melitta
Patrocinador: Axial
Fornecedor de Material Esportivo: Icone

Siga as redes sociais oficiais do Vôlei do Minas:
Facebook: /mtcvolei
Instagram: @mtcvolei


Esse site armazena dados (como cookies), o que permite que determinadas funcionalidades (como análises e personalização) funcionem apropriadamente. Clique aqui e saiba mais!