Notícias

Esporte Natação

Bronze histórico!

Fernando Scheffer conquista bronze em Tóquio e está na história do Minas e do Brasil

Fernando Scheffer subiu no pódio na prova dos 200m livre / Fotos: Satiro Sodré/SSPress/CBDAFernando Scheffer subiu no pódio na prova dos 200m livre / Fotos: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Noite histórica e espetacular para Fernando Scheffer na piscina do Centro Aquático de Tóquio, no Japão. O nadador do Minas disputou os 200m livre e conquistou a medalha de bronze no maior evento esportivo do mundo, com o tempo de 1m44s66, que é também o novo recorde da América do Sul. Com a conquista do pódio, Scheffer marca de vez o seu nome na história da natação minastenista e brasileira.  O pódio da prova teve os britânicos Tom Dean (1m44s22) e Duncan Scott (1m44s26) como primeiro e segundo colocados, respectivamente.

A campanha
O resultado final só confirmou a brilhante campanha do nadador. Já nas eliminatórias, Fernando Scheffer nadou para 1m45s05 e bateu o próprio recorde sul-americano, que era de 1m45s41. Na semifinal, se manteve “na casa dos 45 segundos” e fez 1m45s71, tempo que garantiu a última vaga na grande final. Na disputa por medalha, o nadador competiu com foco total, cresceu na segunda metade da prova e acelerou para conquistar o terceiro lugar e estabelecer, mais uma vez, uma nova marca para o recorde sul-americano: 1m44s66. 

Após a conquista da medalha de bronze, o minastenista agradeceu a todos que contribuíram com a sua trajetória no esporte. “Quero agradecer a todos que passaram pela minha carreira. Comecei em uma academia em Canoas, depois fui chamado para nadar no Grêmio Náutico União e hoje estou no Minas Tênis Clube. Todas essas pessoas que passaram pela minha vida contribuíram de certa forma para conquistar esse bronze. É até difícil falar. O sentimento que me preenche agora é gratidão, estou muito grato. Teve muita gente que esteve comigo em todo esse tempo, todos os treinadores, preparadores, fisioterapeutas, médicos, colegas de treino, adversários, família, amigos, todo mundo que torceu e mandou boas energias, que ficou acordado até tarde para torcer. Todo mundo nadou comigo, a medalha é de todos”, afirmou. 

Fernando Scheffer: sonho realizado / Fotos: Satiro Sodré/SSPress/CBDAFernando Scheffer: sonho realizado / Fotos: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Concentração
Scheffer também falou da concentração para a prova. O nadador disse que competiu o tempo todo focado no seu desempenho. “Gosto de nadar nas raias do canto, mas eu sabia que tinha que me concentrar na minha prova para poder ter uma chance. Não podia me desconcentrar se passasse alguém como um ‘maluco’ ao meu lado. A estratégia deu certo e estou aqui com a medalha. Durante toda a preparação a gente sempre sonha com o máximo, a gente sonha com o pódio e treina para isso, mas na hora em que chega a competição é importante tentar zerar toda essa cobrança e pensar somente no que podemos controlar, que é a nossa performance e o jeito que encaramos a prova. Só pensava em fazer a minha melhor prova e a medalha veio como consequência. Era uma prova em aberto, não tinha favorito, e o meu melhor foi suficiente para subir no pódio”, comemorou.  

Na história
A medalha de bronze em Tóquio coloca Fernando Scheffer ao lado de Marcus Mattioli como medalhistas da natação do Minas no maior evento esportivo do mundo. Mattioli subiu no pódio na edição de Moscou/1980, também com um bronze, no revezamento 4x200m livre. Na história dos 200m livre para o Brasil, Scheffer repetiu o feito alcançado por Gustavo Borges, ainda em 1996. “É uma honra poder repetir esse feito. Essa prova vem crescendo muito no nosso país e espero poder inspirar as pessoas assim como o Gustavo me inspirou”, comentou Scheffer. 

Natural de Canoas, no Rio Grande do Sul, Scheffer está na equipe minastenista desde 2018 e disputa a maior competição esportiva do mundo pela primeira vez, aos 23 anos. Em seu currículo, Scheffer já tem o título de campeão e recordista mundial do 4x200m livre, no Mundial de Piscina Curta (25m) de Hangzhou, na China, em 2018, ao lado de Luiz Altamir, Leonardo Santos e Breno Correia. Também conquistou o ouro nos 200m e no 4x200m livre nos Jogos Pan-americanos de Lima, no Peru, em 2019, e a prata nos 400m livre. 

Nadador minastenista marcou seu nome na historia da natação brasileira / Fotos: Satiro Sodré/SSPress/CBDANadador minastenista marcou seu nome na historia da natação brasileira / Fotos: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Além de Fernando Scheffer, a natação minastenista está sendo representada pelos atletas Aline Rodrigues, Beatriz Dizotti, Bruno Fratus, Guilherme Costa e Vinicius Lanza, pela Seleção Brasileira, e por Julia Sebastian, que representa a Argentina. O treinador Sérgio Marques também integra a comissão técnica do Brasil. O Minas também tem representantes em mais duas modalidades: no vôlei, o Clube conta com Macrís e Carol Gattaz, no feminino, e Maurício Souza, no masculino. O atleta Caio Souza e o técnico Ricardo Yokoyama estão na equipe brasileira de ginástica artística.

Confira, abaixo, a programação dos nadadores em Tóquio (Horário de Brasília):
*Caso os atletas avancem de etapa.
*Horário de início das etapas classificatórias e finais.

Terça-feira (27/7)
7h – 4x200m livre masculino – Fernando Scheffer – Classificatória
7h – 800m livre masculino – Guilherme Costa – Classificatória
22h30 – 4x200m livre masculino – Final*

Quarta-feira (28/7)
7h – 200m medley masculino – Vinicius Lanza – Classificatória
7h – 4x200m livre – Aline Rodrigues – Classificatória
7h – 200m peito feminino – Julia Sebastian – Classificatória
22h30 – 800m livre masculino – Final*
22h30 – 200m medley masculino – Semifinal*
22h30 – 4x200m livre feminino – Final*
22h30 – 200m peito feminino – Semifinal*

Quinta-feira (29/7)
7h – 100m borboleta masculino – Vinicius Lanza – Classificatória
22h30 – 100m borboleta masculino – Semifinal*
22h30 – 200m medley masculino – Final*
22h30 – 200m peito feminino – Final*

Sexta-feira (30/7)
7h – 50m livre masculino – Bruno Fratus – Classificatória
7h – 1.500m livre masculino – Guilherme Costa – Classificatória
22h30 – 100m borboleta masculino – Final*
22h30 – 50m livre masculino – Semifinal*

Sábado (31/7)
22h30 – 50m livre masculino – Final*
22h30 – 1.500m livre masculino – Final*

Resultados
Fernando Scheffer - 200m livre - 1m44s66 - Medalha de Bronze e recorde sul-americano
Guilherme Costa - 400m livre - 3m45s99 - 11º lugar
Julia Sebastian - 100m peito - 1m09s35 - 31º lugar
Beatriz Dizotti - 1.500m livre - 16m29s37 - 24º lugar

FOTOS: Satiro Sodré/SSPress/CBDA.

Siga as redes sociais oficiais da Natação do Minas:
Facebook: /mtcnatacao
Instagram: @mtcnatacao


Esse site armazena dados (como cookies), o que permite que determinadas funcionalidades (como análises e personalização) funcionem apropriadamente. Clique aqui e saiba mais!