Notícias

Educação

Minas em casa

Aulas on-line têm boa repercussão entre sócios

Desde o início do período de isolamento social, devido à pandemia da Covid-19, os profissionais da Gerência de Educação do Minas se movimentaram na produção de aulas on-line de qualidade, para que os alunos não ficassem sem praticar suas atividades físicas. Vale lembrar que, além de exercitar o corpo, os exercícios fazem muito bem à mente, liberando endorfina. No total, já foram produzidas mais de 120 aulas, somando 100 mil visualizações. Além disso, o Minas alcançou a marca de 20 mil inscritos em seu canal do Youtube.

São postadas, semanalmente, no Facebook, Instagram e no Youtube do Minas, cinco aulas coletivas, uma live, (aos domingos), além dos vídeos de IGTV, disponibilizados às quintas-feiras. Desde julho, o Minas também está presente no Telegram e todas as aulas do #MinasComVcEmCasa também são publicadas nessa plataforma.

A repercussão da qualidade do trabalho desenvolvido tem sido observada diante dos diversos compartilhamentos, reposts e marcações no feed e stories, além dos elogios aos professores e comentários de carinho deixados nos posts. Vale destacar ainda a elevada audiência nas lives e as reações e comentários enviados durante os treinos produzidos ao vivo.

Para Bianca Hauck, aluna de musculação há quase 10 anos, a qualidade das aulas é excelente, mas ela prefere acompanhar as lives, pois acredita que a interação é maior com os alunos e os estimula a praticar as atividades físicas. “Tenho acompanhado as aulas on-line desde o início e as que mais me chamaram a atenção foram as de Mat Pilates com peso corporal. Prefiro quando o instrutor faz junto e nessas aulas tem o professor e uma outra pessoa executando, então acho mais fácil de acompanhar. As aulas são excelentes, já fiz a de aerodance, para acabar com o estresse e meu marido e eu também adoramos as aulas de Liang Gong”, conta.

Bianca Hauck tem acompanhado as aulas do #MinasComVcEmCasa 

Até quem não é aluno dos cursos se sentiu atraído pela qualidade das aulas. É o caso do sócio Adriano Araújo Abreu. De acordo com ele, que é frequentador do Minas desde a infância, a saudade é grande, pois faz parte da rotina da família. “Sou minastenista desde menino. Lá aprendi a nadar e fiz muitos amigos. O Minas é tudo para nós e está nos fazendo muita falta. Curti a página nas redes sociais e achei muito interessante a iniciativa das aulas on-line. O Clube está sempre inovando e nos surpreendendo com tudo o que é oferecido aos sócios, inclusive na organização dos eventos”, diz.  

Adriano Abreu ressaltou a saudade do Minas nesse período de isolamento


Esse site armaneza dados (como cookies), o que permite que determinadas funcionalidades (como análises e personalização) funcionem apropriadamente. Clique aqui e saiba mais!