Notícias

Educação

Espaços Seguros

Pesquisa revela baixo índice de infecção da Covid-19 em academias e ginásios

Um estudo encomendado pela EuropeActive, principal associação representante do setor de atividade física na União Europeia, concluiu que ginásios, academias e instalações de lazer são os locais de menor nível de transmissão da Covid-19. A pesquisa foi realizada pelo Advanced Wellbeing Research Centre (AWRC), da Universidade de Sheffield Hallam, no Reino Unido e da Universidade Rey Juan Carlos, na Espanha. Os resultados apontaram que taxa média de infecção por Covid-19 é de apenas 0,78 por 100 mil idas à academia. Foram analisadas, desde setembro último, 62 milhões de visitas de pessoas a ginásios e academias, em 14 países europeus, onde foram notificados 487 casos positivos do novo coronavírus.

De acordo com a Universidade de Sheffield Hallam, “as descobertas atenuam as preocupações de saúde pública sobre a segurança dos ginásios”, considerando esses ambientes como seguros e “com risco relativamente baixo de infecção”. Fizeram parte da análise ginásios e academias da Alemanha, França, Suécia, Bélgica, Holanda, Espanha, Portugal, Noruega, Suíça, República Checa, Polônia, Dinamarca, Luxemburgo e Reino Unido.

No Minas, foram feitas várias adequações para atender às medidas de prevenção à dissimenimação do vírus, estabelecidas no Protocolo de Bioproteção do Clube. As aulas dos cursos oferecidos foram reiniciadas, gradualmente, a partir de setembro, quando houve a liberação da Prefeitura de Belo Horizonte para o funcionamento das academias da cidade. Assim que houver a liberação, após este novo período de fechamento, os sócios poderão voltar a se sentir seguros para a prática de suas modalidades esportivas.

PROTOCOLO DE BIOPROTEÇÃO

Confira algumas das principais medidas de prevenção contra o novo coronavírus adotadas na Academia do Minas, nas Unidades I, II e Náutico.


Esse site armazena dados (como cookies), o que permite que determinadas funcionalidades (como análises e personalização) funcionem apropriadamente. Clique aqui e saiba mais!