Notícias

Cultura

Homenagem a Cassiano

No Sarau Minas Tênis Clube, Diplomattas canta Cassiano

Depois de uma semana sem shows, o Sarau Minas Tênis Clube retoma sua programação com o penúltimo show da temporada. A banda Diplomattas vai mexer com o público e lembrar as canções de Cassiano, no dia 19/10 (terça-feira), às 20h, no Teatro do Centro Cultural Unimed-BH Minas. Para Heberte Almeida, integrante da banda Diplomattas, que conta também com os músicos Gabriel Martins, Kim Gomes e Robert Frank, o homenageado é um ícone. “Cassiano é uma figura fundamental no cenário da soul music brasileira e um nome que tangencia artistas do rap, do pagode e da própria mpb. Sua música influenciou muito o trabalho dos Racionais MC’s. Crescemos ouvindo o Mano Brown e sua trupe”, explica. Os ingressos custam R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia) e podem ser adquiridos no site Eventim ou na bilheteria do Teatro. O uso de máscara é obrigatório no espaço.

 

A banda Diplomattas faz homenagem ao cantor Cassiano no Sarau do Minas Tênis Clube. Foto: Orlando BentoA banda Diplomattas faz homenagem ao cantor Cassiano no Sarau do Minas Tênis Clube. Foto: Orlando Bento

Foi em 2019 que os integrantes do grupo fizeram seu primeiro trabalho juntos. “A banda começou a sua trajetória a partir da composição da trilha original do longa-metragem ‘No Coração do Mundo’, lançado em 2019, que foi dirigido por Gabriel Martins e Maurílio Martins”, lembra Heberte. A partir daí, os meninos começaram a vislumbrar a ideia de fazer desse trabalho o início de uma banda que cantasse para o público da capital os ritmos pretos, além do samba. “Efetivamente, demos início à ideia de formar a banda depois de realizar esse trabalho. No entanto, já fazia um tempo que pairava no ar a possibilidade de criar mais um projeto musical coletivo. Eu, Robert e Kim tocamos juntos na banda há mais de 15 anos. E o Gabito é um amigo de longa data. Entre nós acontece uma colaboração mútua nos diversos trabalhos que fazemos”, observa Heberte. “Enfim, desde 2011 que, vez ou outra, a gente tocava juntos nas festas de aniversário do Gabito e em outras ocasiões festivas e eventos informais”, revela.

 

A banda Diplomattas tem como especialidade apresentar releituras de canções de novos nomes, figuras célebres e artistas da música negra brasileira e norte-americana, e a sua sonoridade tem forte inspiração na soul music. O grupo propõe um diálogo com o rap e o R&B e celebra ritmos afro-brasileiros.

 

Cassiano, a escolha

Genival Cassiano dos Santos, o Cassiano, foi cantor, compositor e guitarrista que morreu em maio de 2021, vítima de Covid-19. Foi nos anos 1940 que o artista aprendeu com o pai os primeiros acordes de bandolim e violão. Cassiano é um dos precursores da soul music no Brasil com Tim Maia, Carlos Dafé, Banda Black Rio, Gérson King Combo e Hyldon. Cassino foi influenciado pela música negra norte-americana, em especial Stevie Wonder e Ottis Redding, mas a audição de Lupicínio Rodrigues é perceptível em sua obra. “A música do Cassiano está presente em nossas vidas desde muito cedo. Nos últimos anos, a obra dele esteve ainda mais viva e onipresente, especialmente pelo nascimento dos Diplomattas. Desde os primeiros shows, incluímos no nosso repertório músicas dele e também coisas que têm a ver com a sonoridade que ele desenvolveu nos seus álbuns lançados nos anos 1970”, explica Heberte Almeida.

Ao longo da década de 1960, Cassiano tocou muito na noite do Rio de Janeiro e de São Paulo, mas só se tornou conhecido em 1970, quando Tim Maia gravou suas composições “Eu amo você” e “Primavera”. “A despeito de sua notável relevância, Cassiano não obteve, em vida, o justo reconhecimento de sua obra. A apresentação 'Nosso Cassiano' celebra o legado desse artista pioneiro e lendário de nossa música”, conta.

Para além da importância no cenário artístico nacional, Cassiano representa a música periférica, observam os meninos da banda. “Seus discos, lançados ao longo da década de 1970, juntamente com os trabalhos do Tim Maia, Hyldon, Tony Tornado, dentre outros nomes, fomentam o nascimento de uma cena de música preta urbana e periférica que revoluciona a cultura brasileira”, atesta.

A banda Diplomattas aposta em um repertório intenso, cativante e dançante para o Sarau Minas Tênis Clube. “Espero que o público compareça ao show com a intenção de homenagear e celebrar a obra de um grande artista da nossa música. Tomara que a gente consiga trocar com o público esse carinho e respeito que temos pela música do nosso Cassiano”, conclui.

Minas Tênis Solidário

O Sarau Minas Tênis Clube abraça o Programa Minas Tênis Solidário. Por isso, no dia do show, traga itens de higiene pessoal, eles serão doados para as instituições parceiras.

Centro Cultural Unimed-BH Minas no Circuito Liberdade

O Centro Cultural Unimed-BH Minas é integrante do Circuito Liberdade, complexo cultural sob gestão da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult) e que reúne diversos espaços com as mais variadas formas de manifestação de arte e cultura em transversalidade com o turismo. Trabalhando em rede, as atividades dos equipamentos parceiros ao Circuito buscam desenvolvimento humano, cultural, turístico, social e econômico, com foco na economia criativa como mecanismo de geração de emprego e renda, além da democratização e ampliação do acesso da população às atividades propostas.

 

Serviço:

Sarau Minas Tênis Clube 2021 - Diplomattas canta Cassiano

Data: 19/10, terça-feira
Horário: 20h
Ingressos: R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia)
Classificação: livre

COMPRE AQUI

É obrigatório o uso de máscara dentro do Teatro.

Horário de funcionamento da bilheteria: de segunda a sábado, das 13h às 19h. A bilheteria funciona até 30 minutos depois do início do espetáculo. Formas de pagamento: dinheiro e todos os cartões de débito e crédito.
Horário de abertura da plateia para entrada do público: 30 minutos antes do horário da apresentação.
Mais informações: (31) 3516-1360.
Estacionamento com acesso interno: entrada pela rua da Bahia, ao lado do Teatro. Após estacionar o veículo, o usuário chega ao Teatro por elevador interno, com rapidez e segurança. O Estacionamento fica aberto até meia hora após o fim do espetáculo. Valores: R$ 12, para sócios do MTC, e R$ 24, para não sócios.

Siga as redes sociais oficiais da Cultura do Minas:

Facebook: /mtccultura
Instagram: @mtccultura

 


Esse site armazena dados (como cookies), o que permite que determinadas funcionalidades (como análises e personalização) funcionem apropriadamente. Clique aqui e saiba mais!