Notícias

Esporte Basquete

Parou na semifinal

Após sequência invicto, Minas Storm sofre derrota para o São Paulo e se despede da Super 8

Equipes se enfrentaram no ginásio do Club PaulistanoEquipes se enfrentaram no ginásio do Club Paulistano / Fotos: João Pires/LNB

O Minas Storm entrou em quadra, na noite desta terça-feira (19/1), para disputar a semifinal da Copa Super 8. Após um duelo equilibrado, o time minastenista, que estava sem perder desde novembro do ano passado e venceu 15 jogos consecutivos (14 pelo NBB e um pela Copa Super 8), acabou derrotado pelo São Paulo, por 78 a 70 (14/16, 23/18, 19/17 e 22/19), e se despediu do torneio nacional. As parciais da partida foram bem disputadas, e a equipe mineira tentou o resultado positivo até o fim. Os destaques do Minas no jogo foram o ala/armador David Jackson, que anotou 14 pontos e quatro rebotes, e o armador Parodi, com 13 pontos e quatro assistências.

A Copa Super 8 reúne os oito melhores colocados do primeiro turno no NBB e está sendo disputada no Ginásio Antônio Prado Jr, no Club Athletico Paulistano, em São Paulo (SP). A final será no próximo sábado (23/1), às 16h, entre São Paulo e Flamengo, que passou pelo Bauru (72 a 65). Antes da semifinal, o Minas Storm venceu o Mogi das Cruzes, por 96 a 71, pelas quartas.

Após a partida da semifinal, o armador Parodi comentou sobre o desempenho da equipe e quer o time focado para as próximas disputas da temporada. “Acho que não foi um bom jogo para o nosso time. Cometemos muitos erros na defesa, erros que tínhamos melhorado, mas que hoje não conseguimos manter. Eu também não estive bem tecnicamente. A equipe do São Paulo está de parabéns pelo jogo. Nós, agora, temos que seguir em frente e continuar trabalhando para as próximas partidas”, afirmou.

Agora, o Minas volta a sua atenção total para a sequência do NBB, competição em que está na liderança, com 93,3% de aproveitamento. O próximo desafio será no dia 26/1, diante do Cerrado Basquete, às 17h, no ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro, pelo início do segundo turno. O jogo terá transmissão pelo canal digital DAZN.

Armador Luciano Parodi foi um dos destaques do Minas StormArmador Luciano Parodi foi um dos destaques do Minas Storm / Fotos: João Pires/LNB

A semifinal
A partida decisiva entre Minas e São Paulo começou muito equilibrada, e as equipes tiveram dificuldades para pontuar. Ainda se estudando em quadra, os times trabalharam bem na marcação. O São Paulo liderou boa parte do quarto, mas, Queirós entrou bem em quadra pelo Minas e anotou duas cestas de três, deixando o time mineiro em vantagem no fim da parcial: 16 a 14. O segundo quarto seguiu bem disputado. Pelo time minastenista, JP Batista atuou bem e anotou pontos importantes. Mais presente no ataque e com bom aproveitamento nos rebotes, principalmente com Lucas Mariano, o São Paulo virou o placar, venceu o quarto e foi para o intervalo em vantagem: 37 a 34 (23/18).

O Minas voltou para o terceiro período em busca da reação. O time minastenista acertou uma sequência de bolas de três no começo da parcial e chegou a virar o marcador. Por outro lado, o São Paulo também manteve o ritmo intenso, e as equipes se alternaram na liderança. Em pequena vantagem no quarto, com 19 a 17, o time paulista seguiu à frente no placar geral: 56 a 51. No último quarto, o São Paulo começou melhor, trabalhou bem as suas jogadas ofensivas e conseguiu abrir vantagem. O time paulista aproveitou a instabilidade do Minas em quadra e construiu o caminho da vitória. A equipe minastenista tentou reagir, se aproximou no placar, mas o triunfo e a classificação ficaram mesmo com o São Paulo: 78 a 70 (22/19).

Destaques do Minas
David Jackson – 14 pontos e quatro rebotes.
Parodi – 13 pontos e quatro assistências.
Gui Santos – 11 pontos, quatro rebotes e uma assistência.
JP Batista – oito pontos, seis rebotes e três assistências.

Minas em números
- 10 arremessos de três pontos convertidos.
- 10 arremessos de dois pontos convertidos.
- 36 rebotes.
- 14 assistências.
- Cinco bolas recuperadas.
- 71 de eficiência.

Ficha técnica

Minas: Parodi, Johnson Jr, David Nesbitt, David Jackson, JP Batista. Entraram: Queirós, Davi, Ronald, Gui Santos e Rafa Moreira. Técnico: Léo Costa.

São Paulo: Bennett, Shamell, Jefferson, Georginho e Lucas Mariano. Entraram: Dawkins, Gerson, Isaac e Renan. Técnico: Cláudio Mortari.

Árbitros: Marcos Fornies Benito, Jonas de Carlo Pereira e Diego Chiconato.

Tabela Copa Super 8

Sexta-feira (15/1) – Quartas de final
Minas (96 x 71) Mogi
São Paulo (78 x 65) Paulistano

Sábado (16/1) – Quartas de final
Bauru (69 x 61) Fortaleza
Flamengo (90 x 79) Sesi Franca

Terça-feira (19/1) – Semifinais
Flamengo (72 x 65) Bauru
Minas (70 x 78) São Paulo

Sábado (23/1) – Final
16h – Flamengo x São Paulo – TV Cultura, ESPN e DAZN

Patrocinador: CVC
Fornecedor de Material Esportivo: Icone
Apoio: Forte Banco

Siga as redes sociais oficiais do Basquete do Minas:
Facebook: /mtcbasquete
Instagram: @mtcbasquete


Esse site armazena dados (como cookies), o que permite que determinadas funcionalidades (como análises e personalização) funcionem apropriadamente. Clique aqui e saiba mais!