Notícias

Esporte Basquete

Dominante

Minas faz bom jogo e vence o Bauru na rodada de encerramento da fase classificatória do NBB

O Minas Storm fez mais uma tempestade na capital federal. Na noite dessa terça-feira, a equipe mineira venceu o Bauru no terceiro jogo seguido disputado em Brasília (DF). Com um primeiro tempo mais consistente, o time conseguiu construir a vantagem que precisava para vencer a equipe paulista, por 81 a 79 (19/18, 22/18, 23/25 e 17/18), na rodada de fechamento da fase de classificação do Novo Basquete Brasil (NBB) 2020/21.

Com mais este triunfo, o 26º em 30 jogos, o Minas encerra a participação na fase de classificatória com 86,7% % de aproveitamento, está classificado para as quartas de final e aguarda o adversário após a disputa das oitavas de final, que reúne os classificados entre o 5º e o 12º lugares.

Equipe minastenista dominou o Bauru e conquistou mais uma vitória no NBB (Foto: Gabriel Costa/Cerrado @costa7_)Equipe minastenista dominou o Bauru e conquistou mais uma vitória no NBB (Foto: Gabriel Costa/Cerrado @costa7_)
O norte-americano David Jackson foi o cestinha da partida, com 16 pontos marcados, com mais dois rebotes e três assistências. Além de DJ, outros quatro minastenistas somaram dois dígitos no jogo: David Nesbitt fez 15 pontos e seis assistências, enquanto o pivô JP Batista anotou 14 pontos, com mais três rebotes e uma assistência. Por fim, Johnson Sr anotou 11 pontos e contribuiu com cinco rebotes.

Vira a chave
O Minas Storm, agora, muda o foco e volta as suas atenções para as quartas de final da Basketball Champions League Americas (BCLA). Neste sábado (10/4), a equipe minastenista encara o Quimsa, da Argentina. Quem vencer, avança para a semifinal da competição continental. A fase final da BCLA será disputada entre os dias 10 e 13/4, na cidade de Manágua, capital da Nicarágua. O embarque da equipe mineira será nesta quinta-feira (8/4).

Quando a bola subiu…
Quem viu o início do jogo não imaginava que ele seria tão equilibrado. O Minas iniciou o jogo de forma intensa e com bom volume de jogo, abrindo 10 pontos de vantagem nos primeiros minutos. Porém, o Bauru se acertou e equilibrou o jogo: 19/18. Na segunda parcial, muita disputa em quadra. O ataque minastenista teve grande consistência e, assim, o time foi para o intervalo na frente no placar: 41 a 36 (22/18).

Na volta do intervalo, o Minas manteve o ritmo, mas o Bauru, que sempre joga com muita intensidade não permitiu que o time mineiro aumentasse a diferença e, desta forma, conseguiu diminuir a diferença no terceiro período: 64 a 61 (23/25). O último período foi de arrepiar. O Bauru vendeu caro a derrota e, em alguns momentos, conseguiu liderar o placar. No entanto, na reta final, o jogo ficou tenso, mas o Minas soube administrar a vantagem construída no primeiro tempo da partida para garantir a vitória por 81 a 79 (17/18).

Ao fim da partida, o pivô JP Batista avaliou a partida e disse que o jogo foi um bom teste para a sequência da BCLA. “A gente esperava um duelo difícil. Tem que dar crédito para essa equipe de Bauru. Que teste! Achei que a gente poderia ter definido o jogo antes, mas a equipe do Bauru tem uma característica muito grande de pressionar o tempo inteiro. É um time muito versátil e que consegue jogar sempre aberto. A gente conseguiu ajustar e, como o Léo Costa falou ali com a gente, precisávamos de teste como hoje para a gente ir para Champions com um foco diferente. Ficamos felizes com a vitória e, agora, é virar a chave para tentar resultados positivos na Nicarágua”, avaliou o capitão minastenista.

Destaques do Minas
- David Jackson – 16 pontos, dois  rebotes e três assistências.
- David Nesbitt – 15 pontos, seis rebotes.
- JP Batista – 14 pontos, três rebotes e uma assistência.
- Johnson Sr – 11 pontos e cinco rebotes.

Minas em números
- oito arremessos convertidos de 3 pontos.
- 23 arremessos convertidos de 2 pontos.
- 40 rebotes.
- 12 assistências.
- sete bolas recuperadas.
- 86 de eficiência.

Ficha técnica
Minas: Davi, Gui Santos, David Jackson, Nesbitt e Ronald. Entraram: JP Batista, Johnson Sr, Queirós, Rafa Moreira. Técnico: Léo Costa. 

Bauru: Tyrone, Gui Deodato, Alexey, Alex e Gabriel Jaú. Entraram: Alexei, Diego, Dikembe e Graham. Técnico: Leonardo Figueiro.

Árbitros: Marcos Fornies Benito, Ramiro Marques Inchauspe e Davi Geovani de Souza.

NBB – Segundo turno
26/1 – Cerrado (80 x 93) Minas – Rio de Janeiro (RJ)
28/1 –  Brasília (75 x 99) Minas – Rio de Janeiro (RJ)
31/1 – Unifacisa (76 x 88) Minas – Rio de Janeiro (RJ)
9/2 – Minas (94 x 96) Flamengo – Arena MTC
12/2 – Minas (91 x 70) Campo Mourão – Arena MTC
14/2 – Pato Branco (67 x 83) Minas – Arena MTC
25/2 – São Paulo (90 x 92) Minas – São Paulo (SP)
27/2 – Franca (87 x 93) Minas – São Paulo (SP)
1/3 – Paulistano (76 x 74) Minas – São Paulo (SP)
12/3 – Minas (74 x 70) Caxias – São Paulo (SP)
14/3 – Minas (85 x 80) Mogi – São Paulo (SP)
16/3 – Corinthians (78 x 65) Minas – Rio de Janeiro (RJ)
1/4 – Minas (92 x 66) Fortaleza – Brasília (DF)
4/4 – Minas (93 x 61) Pinheiros – Brasília (DF)
6/4 – Minas (81 x 79) Bauru – Brasília (DF)

O Campeonato Brasileiro Interclubes de Basquete – NBB 2020/2021 faz parte do rol de Campeonatos Brasileiros Interclubes em que parte dos atletas dos Clubes integrados ao Comitê Brasileiro de Clubes – CBC tem as despesas de hospedagem e transporte aéreo custeadas com recursos públicos geridos por esta fonte.



Fornecedor de Material Esportivo: Icone
Apoio: Forte Banco

Siga as redes sociais oficiais do Basquete do Minas:
Facebook: /mtcbasquete
Instagram: @mtcbasquete


Esse site armazena dados (como cookies), o que permite que determinadas funcionalidades (como análises e personalização) funcionem apropriadamente. Clique aqui e saiba mais!