Notícias

Esporte Basquete

Deu Minas (de novo)

Com duplo-duplo de JP Batista, Minas vence Caxias e conquista a sexta vitória seguida no NBB

A tarde foi do Minas Storm no Novo Basquete Brasil (NBB) 2020/21. Em Brasília, na capital federal, o time mineiro não deixou o KTO/Caxias do Sul respirar em quadra e venceu o duelo com bastante tranquilidade. Após um primeiro tempo mais equilibrado, o Minas deslanchou no segundo, abriu ampla vantagem e superou a equipe do sul brasileiro por 94 a 63, com parciais de 18/17, 24/18, 22/13 e 30/15. O pivô minastenista JP Batista provocou uma tempestade em quadra e bagunçou a defesa adversária, após marcar 20 pontos e recuperar 10 rebotes, tendo, então, mais um duplo-duplo na temporada. Além dele, o Minas teve outros cinco jogadores com 10 pontos ou mais em quadra: Queiros, Rafa Moreira, Parodi e Nesbitt (10 pontos) e Davi Rossetto (12 pontos).

David Nesbitt foi um dos responsáveis pela boa atuação do ataque minastenista (Foto: Orlando Bento/MTC)David Nesbitt foi um dos responsáveis pela boa atuação do ataque minastenista (Foto: Orlando Bento/MTC)
Com o triunfo, o Minas chegou a 85,7% de aproveitamento e se mantém na quarta posição do NBB, com seis vitórias em sete jogos. O time mineiro permanece em Brasília e, neste domingo (6/12), às 14h30, enfrenta o Cerrado Basquete, pela 8ª rodada do primeiro turno.

O pivô JP Batista destacou a importância da vitória e acrescentou que a equipe mineira vai crescer muito na sequência da temporada. “Primeiro lugar, eu quero parabenizar a equipe do Caxias. Eles começaram o jogo muito bem, é uma equipe bem treinada. A gente começou o jogo um pouco amarrado, mas, no segundo tempo, conseguimos soltar um pouco e movimentar mais a bola. Eu consegui pontuar um pouco mais e a gente abriu vantagem. Estamos em uma sequência muito boa de vitórias, o time está com um entrosamento muito bom e acredito que a tendência é a gente continuar crescendo. Eu venho falando que o David Jackson e o Ronald são peças importantes para a nossa rotação. O David, quando entrar no ritmo dele, com certeza, vai colocar o nosso time em outro patamar. E o Ronald, a mesma coisa. Vamos continuar trabalhando. Acredito que toda nossa equipe está de parabéns, a nossa comissão técnica tem feito um trabalho excepcional e nos preparando bem para cada rodada”, ressalta o cestinha do jogo.

Quando a bola subiu...
O time do Caxias começou o jogo de forma agressiva e conseguiu equilibrar o primeiro quarto. O Minas, por outro lado, estudou a equipe adversária e, por sua vez, foi construindo o seu jogo com segurança. Com boa atuação da defesa mineira, o time de Belo Horizonte conseguiu vencer a primeira parcial com a vantagem mínima: 18/17. No início do segundo quarto, o Caxias do Sul parecia que ia complicar a vida do Minas, mas não teve forças para manter o ritmo até o final e viu o ataque mineiro, mais uma vez, abrir vantagem e vencer a primeira metade de jogo com sete pontos de frente: 42 a 35 (24/18).

Na volta do intervalo, o Minas Storm entrou nos trilhos e não deu chances para o Caxias pensar no jogo. Com um ataque poderoso e forte, o time mineiro venceu a parcial com tranquilidade (22/13) e ampliou a vantagem: 64 a 48. No último quarto, os minastenistas aceleraram ainda mais no ataque, deram show no rebote e destruíram a defesa do Caxias, que levou 30/15 na parcial e viu o Minas conquistar a vitória por 94 a 63.

O Minas em números
- Seis jogadores marcaram 10 pontos ou mais – Queiros, Rafa Moreira, Parodi e Nesbitt (todos com 10); Davi (12 pontos); e o cestinha, JP Batista (20 pontos).
- 11 cestas de 3 pontos.
- 11 cestas de 22 pontos.
- 42 rebotes.
- 21 assistências.
- 113 de eficiência.

Ficha Técnica
Minas: 
Parodi, Gui Santos, Shaquille Johnson, David Nesbitt e JP Batista. Entraram: Queiros, Davi, Rafa Moreira, David Jackson, Dias e Augusto. Técnico: Leo Costa.

Caxias do Sul: Da Silva, Pedro, Noco, Eddy e Shilton. Entraram: Adriano Big, Eugeniusz, Pedro e Antonio. Técnico: Rodrigo Barbosa.

Árbitros: Jacob Cassimiro Barreto, Maria Claudia Comodaro Moraes e Deric Ferraz Salomão Costa.

Novo Basquete Brasil (NBB) 2020/21 – Primeiro turno
10/11 – Flamengo (102 x 68) Minas – Rio de Janeiro (RJ)
12/11 – Minas (76 x 54) Pato Basquete – Rio de Janeiro (RJ)
14/11 – Campo Mourão (54 x 90) Minas – Rio de Janeiro (RJ)
19/11 – Fortaleza Basquete Cearense (67 x 82) Minas – Mogi das Cruzes (SP)
21/11 –Minas (108 x 99) Unifacisa – Mogi das Cruzes (SP)
2/12 – Minas (105 x 100) Brasília – Brasília (DF)
4/12 – Caxias do Sul (63 x 94) Minas – Brasília (DF)
6/12 – 14h30 – Minas x Cerrado Basquete – Brasília (DF)
14/12 – 20h – Minas x Corinthians – Mogi das Cruzes (SP) – DAZN
16/12 – 17h – Mogi x Minas – Mogi das Cruzes (SP)
19/12 – 16h – Minas x São Paulo – São Paulo (SP)
21/12 – 14h30 – Pinheiros x Minas – São Paulo (SP)
23/12 – 17h30 – Minas x Franca – São Paulo (SP) – DAZN
5/1 – 17h – Bauru x Minas – São Paulo (SP) – DAZN
7/1 – 20h – Minas x Paulistano – São Paulo (SP) – DAZN

O Campeonato Brasileiro Interclubes de Basquete – NBB 2020/2021 faz parte do rol de Campeonatos Brasileiros Interclubes em que parte dos atletas dos Clubes integrados ao Comitê Brasileiro de Clubes – CBC tem as despesas de hospedagem e transporte aéreo custeadas com recursos públicos geridos por esta fonte.

Patrocinador: CVC
Fornecedor de Material Esportivo: 
Icone
Apoio: Forte Banco

Siga as redes sociais oficiais do Basquete do Minas:
Facebook: /mtcbasquete
Instagram: @mtcbasquete


Esse site armaneza dados (como cookies), o que permite que determinadas funcionalidades (como análises e personalização) funcionem apropriadamente. Clique aqui e saiba mais!