Notícias

Esporte Basquete

Trem sem freio

Minas Storm faz segundo tempo agressivo e vence o Bauru em SP

Sabe aquele famoso jeitinho mineiro de viver a vida? Pois é. Assim tem sido o Minas Storm no Novo Basquete Brasil (NBB) 2020/21. O time começou a competição com uma derrota, mas, aos poucos, ao estilo “mineirinho”, comendo pelas beiradas, chegou à liderança da competição. Na tarde dessa terça-feira, a vítima da vez foi o forte Bauru, que até conseguiu jogar de igual para igual com os minastenistas no primeiro tempo, mas, após o intervalo, não conseguiu segurar o ataque agressivo do Minas. Depois de ir para o vestiário com o empate, por 33 a 33, o trem mineiro perdeu o freio e venceu a equipe paulista, por 85 a 75 (19/20, 14/13, 27/12 e 25/30). Esta foi a 13ª vitória seguida do Minas Storm no NBB em 14 jogos, e o time segue isolado na ponta da tabela de classificação, agora, com 92,9% de aproveitamento e 27 pontos.

Com forte poder de ataque, Minas superou mais um adversário no NBB (Foto: Wilian Oliveira/FotoAtleta)Johnson Sr ditou o ritmo do ataque do Minas, que superou mais um adversário no NBB (Foto: Wilian Oliveira/FotoAtleta)
O norte-americano Johnson Sr foi o nome do jogo, com 28 pontos, cinco rebotes e cinco assistências. David Nesbitt também liderou o ataque e, por pouco, não conseguiu um duplo-duplo. O bahamense somou 22 pontos e teve nove rebotes, além de duas assistências. O pivô JP Batista também esteve perto de fazer mais um duplo-duplo na temporada. O capitão minastenista foi um gigante no garrafão e conseguiu 13 rebotes (11 defensivos), além de marcar nove pontos e dar duas assistências.

Sem tempo para respirar, o time minastenista volta à quadra nesta quinta-feira (7/1), quando enfrenta o Paulistano, às 20h. O jogo vai encerrar o primeiro turno da fase de classificação da competição nacional e será transmitido, ao vivo, pelo canal digital DAZN.

Bola ao ar...
No primeiro duelo do ano, o Minas Storm enfrentou um duro adversário. No início da partida, as duas equipes brigaram pela liderança do placar. No primeiro período, Johnson Sr foi o destaque minastenista em quadra. O norte-americano somou sete pontos, conseguiu um rebote defensivo e deu duas assistências. Com muito volume de jogo, o time minastenista conseguiu abrir vantagem no início (12/7), mas o Bauru se recuperou, virou o placar e fechou a parcial com a vantagem mínima (20/19). No segundo período, mais equilíbrio, porém, o jogou foi um pouco mais lento. As equipes mostraram muita segurança em suas defesas e tiveram dificuldades no ataque. O Minas mostrou um pouco mais de consistência e, com isso, a diferença mínima passou para o lado mineiro, que venceu a parcial e empatou o duelo: 33 a 33 (14/13).

O Minas voltou do intervalo determinado. Com muita agressividade no ataque e sem dar chances para o Bauru respirar, o time mineiro construiu um placar elástico. Nesbitt e Johnson Sr dominaram as ações de ataque e bagunçaram a defesa paulista, que nada pode fazer para evitar a derrota na terceira parcial: 27/12 (60 a 45). No último período, o time mineiro não baixou a guarda. O Bauru se acertou, voltou a equilibrar o jogo, mas a boa vantagem construída no terceiro período garantiu o 13º triunfo minastenista no NBB: 25/30 (85/75).

Destaques do Minas
- Johnson Sr – 28 pontos, cinco rebotes e cinco assistências.
- David Nesbitt – 22 pontos, nove rebotes e duas assistências.
- JP Batista – nove pontos, 13 rebotes e duas assistências.

Minas em Números
- 11 arremessos de três pontos convertidos.
- 17 arremessos de dois pontos convertidos.
- 43 rebotes.
- 17 assistências.
- cinco bolas recuperadas.
- 102 de eficiência.

Ficha técnica:
Bauru:
Alex, Gui Deodato, Tyrone, Dikembe e Graham. Entraram: Larry Taylor, João Pedro, Gabriel Jaú, Matias e Alexei. Técnico: Leonardo Figueiro.

Minas: Davi, Johnson Sr, David Nesbitt, David Jackson, JP Batista. Entraram: Luciano Parodi, Queirós, Ronald, Gui Santos e Rafa Moreira. Técnico: Léo Costa.

Árbitros: Jacob Cassimiro Barreto, Fabio Kover e Gregório Aguiar Lelis.

Novo Basquete Brasil (NBB) 2020/21 – Primeiro turno
10/11 – Flamengo (102 x 68) Minas – Rio de Janeiro (RJ)
12/11 – Minas (76 x 54) Pato Basquete – Rio de Janeiro (RJ)
14/11 – Campo Mourão (54 x 90) Minas – Rio de Janeiro (RJ)
19/11 – Fortaleza Basquete Cearense (67 x 82) Minas – Mogi das Cruzes (SP)
21/11 –Minas (108 x 99) Unifacisa – Mogi das Cruzes (SP)
2/12 – Minas (105 x 100) Brasília – Brasília (DF)
4/12 – Caxias do Sul (63 x 94) Minas – Brasília (DF)
6/12 – Minas (97 x 77) Cerrado Basquete – Brasília (DF)
14/12 – Minas (20 x 0 – WO) Corinthians – Mogi das Cruzes (SP)
16/12 – Mogi (74 x 80) Minas – Mogi das Cruzes (SP)
19/12 – Minas (96 x 92) São Paulo – São Paulo (SP)
21/12 – Pinheiros (76 x 84) Minas – São Paulo (SP)
23/12 – Minas (89 x 82) Franca – São Paulo (SP)
5/1 – Bauru (75 x 85) Minas – São Paulo (SP)
7/1 – 20h – Minas x Paulistano – São Paulo (SP) – DAZN

O Campeonato Brasileiro Interclubes de Basquete – NBB 2020/2021 faz parte do rol de Campeonatos Brasileiros Interclubes em que parte dos atletas dos Clubes integrados ao Comitê Brasileiro de Clubes – CBC tem as despesas de hospedagem e transporte aéreo custeadas com recursos públicos geridos por esta fonte.

Patrocinador: CVC
Fornecedor de Material Esportivo: 
Icone
Apoio: Forte Banco

Siga as redes sociais oficiais do Basquete do Minas:
Facebook: /mtcbasquete
Instagram: @mtcbasquete


Esse site armazena dados (como cookies), o que permite que determinadas funcionalidades (como análises e personalização) funcionem apropriadamente. Clique aqui e saiba mais!